História AEDE

Durante a década de oitenta o interesse pela Economia da Educação foi aumentando em Espanha, principalmente por profissionais universitários que, por sua iniciativa própria, reuniam os seus esforços na investigação de temas relacionados, principalmente, com o financiamento, a gestão e o rendimento da educação. No início dos anos noventa existiam, no país, um número razoável de interessados por esta área que decidiram criar a Associação da Economia da Educação (AEDE). A AEDE foi fundada em Barcelona no dia 30 de Março de 1992 por oito profissionais de prestígio: D. Esteban Oroval Planas (Presidente), D. José Luís Moreno Becerra (Vice-Presidente), Dª Marina Sole Catala (Secretária), D. José Ginés Mora Ruiz (Tesoureiro), D. Jorge Calero Martinez (Vogal), D. Julio Grao Rodríguez (Vogal), D. Alejando Ipiña Abuin (Vogal) e D. Tomás Molto Gracia (Vogal). Em Novembro do mesmo ano foi celebrado, em Valencia, a Assembleia Constituinte onde foram aprovadas as seguintes linhas orientadoras:

  1. Facilitar aos membros da AEDE o exercício das atividades relacionadas com a economia da educação em todos os lugares e níveis onde esta deva estar presente e programar métodos para a realização destas atividades;
  2. Estimular o interesse da administração e das instituições educativas pela economia da educação em todos os lugares e níveis onde esta deve estar presente e difundir métodos para a realização destas atividades;
  3. Fomentar e difundir os estudos sobre a economia da educação e a formação e aperfeiçoamento de especialistas nesta área;
  4. Promover atividades com o objetivo de melhorar e modernizar a gestão económico-financeira de centros educativos;
  5. Promover contatos e intercâmbios profissionais, difundindo os trabalhos e investigações sobre a economia da educação entre as pessoas e instituições interessadas no assunto, tanto no país como no exterior;
  6. Organizar, por sua iniciativa ou em parceria com outras instituições, congressos ou reuniões e outras atividades científicas sobre a economia da educação;
  7. Editar publicações sobre a economia da educação e manter ou promover a criação de bibliotecas especializadas na matéria;
  8. Promover a criação de uma base de dados estatísticos homogéneos e fomentar a sua manutenção e atualização;
  9. Qualquer outra função ou atividade relacionada com a economia da educação.

Desde a sua formação, há mais de dezassete anos, a AEDE tem sido útil, pelo menos, no campo da coordenação, da informação e/ou na organização de atividades de melhoria entre e para os profissionais, por um lado, e na formação de especialistas, por outro. Uma das atividades fundamentais da AEDE é a realização anual das Jornadas da Economia da Educação. Nestes encontros o objetivo é dar lugar ao debate entre especialistas na área sobre o papel da educação na vida económica e social, proporcionando espaços destinados à reflexão acerca de temas tradicionais como o financiamento da educação, a sua planificação e gestão, os problemas de equidade e eficiência, a produção educativa e a inserção de titulados no mercado de trabalho, como em temas mais recentes como o capital social e a imigração. Ao interesse académico do encontro, junta-se o compromisso dos organizadores de transferir para a sociedades e para os gestores públicos as principais reflexões e resultados sobre educação que derivam das comunicações e debates realizados nas Jornadas. O objetivo primordial é melhorar o nosso conhecimento sobre a educação e orientar as políticas educativas em todos os âmbitos. A realização das últimas Jornadas ofereceu um quadro privilegiado para o processo de reflexão sobre os desafios do novo Espaço Europeu de Educação Superior, em geral, e sobre os estudos de Economia e Negócios, em particular.

Com o propósito de difundir os trabalhos defendidos em cada uma destas Jornadas, a AEDE publica um livro com o conteúdo das mesmas, assim como as conferências, os debates e as mesas redondas que se realizaram. Para além desta publicação, para melhor difusão, a AEDE possui uma página web (http://www.pagina-aede.org) onde podem ser consultados todos os trabalhos apresentados nas Jornadas desde o ano de 2001.

A AEDE, desde a sua origem, possui uma vocação internacional. Entre os seus associados encontram-se pessoas com prestígio internacional reconhecido e participam, nas suas Assembleias, profissionais de outros países, especialmente da América do Sul. Fazendo uso desta vocação, no ano de 2002 foi tomada a decisão de abraçar o território português para a realização das XI Jornadas da Associação da Economia da Educação, o que permitiu receber investigadores portugueses nas Jornadas seguintes.

A AEDE tem realizado as suas Jornadas em parceria com outras associações. Em 1995 as Jornadas da AEDE foram realizadas a par do Congresso Nacional de Economia, que teve lugar em Las Palmas, Gran Canaria. Mais recentemente, em 2007, no mesmo local, as Jornadas foram realizadas em conjunto com as Jornadas da Economia Laboral.

As Jornadas têm sido organizadas, nalguns casos por professores de universidades prestigiadas onde existe uma maior sensibilidade para estes temas, e noutros, como o das Jornadas de San Sebastian, pelos próprios orgãos de gestão da Universidade (através do seu reitor, Julio Grado).

As últimas Jornadas, as XVII Jornadas da AEDE, realizaram-se em Santiago de Compostela, onde foram apresentadas sessenta comunicações e assistiram cerca de cem investigadores, dirigentes universitários e pessoas vinculadas, de alguma forma, ao mundo da economia da educação.

Outra das atividades mais relevantes da AEDE é o Prémio José Luis Moreno Becerra atribuído à Tese de Doutoramento sobre Economia da Educação que se considere de maior relevância, entre as apresentadas a concurso. Este prémio existe em honra do professor José Luis Moreno Becerra, membro fundador e presidente da AEDE falecido em 1999. É oferecida uma quantia de 2500 euros com o objetivo de financiar a publicação da tese premiada. O nome da pessoa galardoada é conhecido pelo público na Jornada do ano correspondente.

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies.

ACEPTAR
Aviso de cookies